segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Turistas mineiros devem evitar viagem a Guarapari em meio a caos no ES, orientam moradores locais

O caos vivido no Espírito Santo levou moradores locais a criar uma campanha para que mineiros não viajem a Guarapari. Desde sexta-feira (3), movimento em busca de melhores condições de trabalho para os policiais militares capixabas tem impedido a saída de viaturas para as ruas dos municípios daquele Estado.
Nos últimos dias, foram relatados ônibus e uma guarita policial incendiados, arrastões, roubos e assassinatos. Além disso, lojas estão sendo fechadas e os moradores estão evitando sair às ruas.
Para se ter ideia do tamanho da crise, em janeiro, foram registrados quatro homicídos na região metropolitana de Vitória. E, de acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo, desde que a Polícia Militar saiu das ruas, foram 51 mortes, 27 apenas na manhã desta segunda-feira (6).
Todo esse cenário fez com que moradores de Guarapari, usual destino dos mineiros, orientassem que o município não fosse visitado nos próximos dias. Foram relatados crimes na cidade e nas praias, como a conhecida Praia do Morro.

Posicionamentos

Os manifestantes pedem por melhorias salarial, pagamento de auxílio-alimentação, adicional noturno e de periculosidade e insalubridade. Além disso, eles denunciam o sucateamento da frota e a falta de perspectiva na carreira.
A Prefeitura de Vitória suspendeu o início do ano letivo na rede municipal na manhã desta segunda-feira (6). As unidades de saúde da capital não irão funcionar, com exceção dos pronto-atendimentos da Praia do Suá e São Pedro. O objetivo é preservar a integridade e a segurança de alunos, pacientes, além de servidores e profissionais da saúde e da educação.
O governo do Estado disse que está “fazendo o possível para retomar a normalidade no Espírito Santo. Entre as medidas, solicitamos o apoio do governo federal”. O secretário de secretário de Segurança Pública, André Garcia, disse que há conversas com o presidente para se determinar o envio de forças federais independentemente do cenário do estado. “Nós fizemos a solicitação, e o presidente já está acertando os detalhes para o envio das tropas”, afirmou.

Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais investigada caso de febre amarelo em macaco

A Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais informou em seu último informe epidemiológico que há um caso de epizootia (morte de primata não humano por febre amarela) sendo investigado em Juiz de Fora. 
De acordo com o informe, foram notificados 862 casos suspeitos de febre amarela em Minas Gerais. Desses 862 casos notificados, 138 casos evoluíram para óbito, dos quais 59 foram confirmados para febre amarela. Entre os óbitos confirmados 84,7% foram do sexo masculino, com média de idade de 44,7 anos.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

MG já tem radar que identifica veículo roubado em tempo real

Desde quinta-feira (26), a Policia Militar Rodoviária de Minas Gerais passou a contar com tecnologia inovadora, capaz de identificar automóveis furtados e roubados de forma imediata. O Sistema de Reconhecimento Ótico de Caracteres funciona por meio de radares que leem a placa, o modelo e a cor dos carros em movimento, cruzando as informações com a base de dados do Detran. Dessa forma, será possível localizar, em tempo real, automóveis que estejam circulando de forma irregular, mesmo aqueles que já tenham sido adulterados ou clonados.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

JFEmpregos oferece 18 novas oportunidades nesta quarta-feira

Dezoito novas oportunidades foram divulgadas no portal JFEmpregos nesta quarta-feira, 1º. Para se candidatar às vagas e participar do processo de seleção, basta que o interessado acesse o site, faça o cadastro e preencha o currículo. O serviço, oferecido pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Sedettur), é gratuito e aberto a todos os interessados.


Atendente/balconista – uma vaga

Auxiliar administrativo – uma vaga

Auxiliar de fabricação de toldos e coberturas – uma vaga

Auxiliar de produção – uma vaga

Coordenador de viagens – uma vaga 

Corretor autônomo – cinco vagas

Estágio em engenharia de produção – uma vaga

Lavador de veículos – uma vaga

Professor de inglês – uma vaga

Supervisor de vendas – duas vagas

Suporte técnico em tecnologia da informação (TI) – duas vagas

Vendedor(a) – uma vaga


A Prefeitura disponibiliza uma equipe para atendimento aos usuários pelo telefone 2104-7643. O público assistido pela Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) que não possui acesso à internet pode comparecer à sede da secretaria, na Rua Halfeld, 450, 5º andar. Demais cidadãos, na mesma situação, devem se dirigir às regionais da PJF, portando Cadastro de Pessoa Física (CPF) e carteiras de identidade e de trabalho. Os profissionais podem acompanhar as vagas anunciadas na página do facebook, no site e no twitter.


Endereços das regionais:

Oeste -
 Avenida Presidente Costa e Silva, 1.800 - São Pedro. Contato: 3690.8285

Sul - Rua Porto das Flores, 270 - Santa Luzia. Contato: 3690.8299 / 3690.8301

Nordeste - Rua Santa Terezinha, 172 - Santa Terezinha. Contato: 3690.8605 / 3690.8610

Norte - Rua Inês Garcia, 357 – Benfica. Contato: 3690.7918



*Informações com a assessoria de comunicação da Sedettur, pelo telefone 3690-8341.

Secretaria de Educação cadastra estudantes para o programa “Cartão Passe Fácil”

A Secretaria de Educação (SE) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) deu início nesta quarta-feira, 1º, às inscrições para o programa municipal “Cartão Passe Fácil Estudante”. O benefício, oferecido em parceria com a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra), concede ao aluno gratuidade nos ônibus urbanos da cidade. O cadastramento pode ser feito até 31 de março.

Para assegurar o auxílio, alguns requisitos são fundamentais: o estudante deve estar regularmente matriculado em instituição de ensino municipal, residir a mais de um quilômetro da escola e sua família ter renda de até dois salários mínimos.

Os responsáveis ou alunos maiores de 18 anos podem procurar a escola na qual o estudante está matriculado, para solicitar a ficha de inscrição e o comprovante de matrícula, a fim de pleitear o benefício.

Após o preenchimento, a ficha deverá ser entregue em uma das unidades do Espaço Cidadão, das 8 às 18 horas, acompanhada dos comprovantes de residência (original e cópia), renda familiar e matrícula do aluno, além de certidão de nascimento, casamento ou carteira de identidade e Cadastro de Pessoa Física (CPF), Os estudantes já cadastrados não precisam efetivar nova inscrição. Após este processo, o material seguirá para análise da Supervisão de Transporte Escolar (STE) da SE e emissão do parecer.

Confira os endereços do Espaço Cidadão: 

- Central:
 Avenida Barão do Rio Branco, 2.234, Centro; 

- Sul: Rua Porto das Flores, 270, Santa Luzia; 

- Norte: Rua Inês Garcia, 357, Benfica;

- Oeste: Avenida Presidente Costa e Silva, 1.800, São Pedro; 

- Nordeste: Rua Santa Terezinha, 172, Santa Terezinha.

Para mais informações sobre a documentação necessária e os pré-requisitos para obter o “Cartão Passe Fácil”, basta acessar o link.


* Informações com a Assessoria de Comunicação da SE pelo telefone 3690-8497.

Curso Preparatório para Concursos abre inscrições na segunda-feira

A Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) abrirá inscrições para o Curso Preparatório para Concursos (CPC) na segunda-feira, 6. O período para se inscrever vai até sexta-feira, 10, e a ficha deverá ser preenchida no ato. Os interessados deverão comparecer à SDS, na Rua Halfeld, 450, 5° andar, das 8 às 12 horas ou das 14 às 18 horas.

Neste ano, o CPC contará com algumas novidades. Além das aulas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism), Instituto Federal (IF) e concursos em geral, serão oferecidos curso básico de línguas (inglês e espanhol), oficinas de redação, “aulões” interdisciplinares, aulas de direito e informática e manutenção das apostilas online. As vagas serão limitadas, mas haverá lista de espera.


Taxa de inscrição

O valor da taxa de inscrição será o mesmo do ano passado, R$ 82,50, acrescido de reajuste com base na inflação. Porém, aqueles que possuírem cadastro nos programas do Governo, como Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC), serão isentos das taxas.


Documentos para inscrição

– Carteira de identidade;
– Cadastro de Pessoa Física (CPF);
– Comprovante de residência;
– Comprovante de renda da composição familiar;
(Todos os documentos acima são obrigatórios, independente de isenção na taxa de inscrição ou não); e
– Comprovante de recebimento do Bolsa Família ou BPC, caso possua.


O programa

O CPC é um programa da SDS, através do Departamento de Inclusão Socioprodutiva e Qualificação Profissional (Disq), que tem como objetivo criar oportunidades para estudantes de baixa renda ingressarem nos ensinos superior e técnico. Para isso, oferece cursos preparatórios que possibilitam aos alunos concorrerem, em nível de igualdade, nos processos seletivos nas instituições de ensino superior. Oferta, também, preparação para estudantes que desejam realizar provas para concursos públicos municipais e estaduais.

O atendimento tem como público prioritário os participantes de programas sociais federais, estaduais e municipais, incluídos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Informações sobre o curso podem ser obtidas pelos telefones 3690-7630 ou 3690-8503.


* Informações com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Desenvolvimento Social, pelo telefone 3690-8314.

Bandidos roubam celular em restaurante e são rastreados

Um restaurante no Morro Imperador, foi assaltado ontem (31) a noite.
O local foi invadido por dois bandidos, armados, que roubaram a quantia de R$400,00 e o celular de uma cliente. Os assaltantes fugiram em uma moto preta.
A dona do celular conseguiu acionar o sistema de rastreamento do aparelho e verificou que ele estava em uma casa no Bairro Jardim Casa Blanca.
A Polícia Militar (PM) foi até a casa e encontrou a moto usada na fuga, uma quantia de R$890,00 e uma sacola com 23 buchas de maconha.
Os homens foram presos e conduzidos para Delegacia.

Duas crianças são abusadas sexualmente na Cidade Alta

Duas crianças do sexo masculino de 4 e 5 anos, foram vítimas de estupro por outras duas crianças, de 11 e 14 anos, também do sexo masculino, ontem (31), no Bairro Nova Germânia.
De acordo com o B.O, os garotos teriam praticado sexo anal e oral com as crianças, que foram conduzidas para o HPS, no então, não foi confirmada a penetração.
Segundo testemunhas, as crianças ficam sozinhas em casa, sem os responsáveis legais. Os responsáveis foram presos e levados para delegacia por abando de incapaz.
O Conselho Tutelar acompanhou a ocorrência.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Multas por som automotivo: 123 veículos foram multados

Desde o incio desse ano, 123 veículos foram autuados por som automotivo irregular, na região do Bairro São Mateus.
Durante todo o ano passado, o departamento de Fiscalização da Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) emitiu cerca de 50 autos de infração pelo mesmo deleite. Mas essa autuações só estão sendo possíveis, pois a (SAU), a Policia Miliar, a Settra e a Guarda Municipal, estão trabalhando juntos.
A multa é de R$ 731,00, o que equivale a infração média prevista no artigo 62 do código de posturas do município.

Coletivo é assaltado no Bairro Progresso

O motorista e o cobrador de um ônibus foram rendidos por um criminoso no inicio da madrugada de terça-feira. O assalto aconteceu na Rua Deputado Arlindo Leite, no Bairro Progresso. 
O veiculo estava parado no ponto final quando o meliante do lado de fora apontou a arma para o cobrador, que foi obrigado a entregar o dinheiro pela janela, depois o bandido abordou o motorista, que abriu a porta do ônibus e foi até o caixa e pegou mais dinheiro. 
No total foram roubados R$ 185,00 e dois celulares. 
A PM foi acionada fez as buscas nas regiões, mas ninguém foi preso. 

UFJF divulga datas de matrícula do Sisu e do Pism

A pré-matrícula dos aprovados na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começa na próxima sexta-feira, 3. A confirmação deve ser feita on-line pelo site da Coordenação de Assuntos e Registros Acadêmicos (Cdara). O prazo termina no dia 7. No dia seguinte, 8 de fevereiro, o mesmo procedimento deverá ser realizado pelos aprovados no Pism e do Vestibular. Nesse caso, o prazo vai até 12 de fevereiro. O link ainda será disponibilizado.
A confirmação on-line é essencial para garantir a vaga, assim como a etapa da matrícula presencial. Calouros aprovados pelo Sisu realizam essa etapa nos dias 13 e 14 de fevereiro, e os do Pism e Vestibular nos dias 20 e 21 do mesmo mês. Os prazos são válidos para os dois campi – Juiz de Fora e Governador Valadares.
As orientações, a lista de documentos necessários para o registro e outras informações já estão disponíveis no site da Cdara tanto para o Pismquanto para o Sisu.
Lista de espera do SisuO candidato que desejar entrar na lista de espera deve se inscrever no site do Sisu até o dia 10 de fevereiro. Na página do Sisu, em seu boletim, o participante deve clicar no botão de confirmação de interesse de participar da lista.
A lista é destinada ao candidato reprovado nas duas opções de curso na chamada regular e ao aprovado na segunda opção, independentemente de ter feito matrícula, mas que deseja entrar na primeira escolha de curso.
O primeiro edital de reclassificação com os aprovados na lista de espera do Sisu na UFJF será divulgado ao meio-dia de 22 de fevereiro no site da Cdara.
Os três editais de reclassificação seguintes também já têm datas marcadas: 8, 15 e 22 de março. Confira o cronograma para Juiz de Fora e Governador Valadares.
Resultado do Pism e reclassificaçõesO resultado final com a lista de aprovados pelo Pism será divulgado nesta quinta-feira, 2, após o período previsto para a análise dos recursos. Os candidatos que recorreram já verão, no resultado final, suas notas alteradas, caso o pedido tenha sido deferido.
As reclassificações do Pism também já têm data definida. Acompanhe o cronograma para Juiz de Fora e Governador Valadares.
Outras informações: (32) 2102-3911 e 2102-3978 (Central de Atendimento da UFJF)
Acompanhe a página no Facebook Estude na UFJF.

Saiba quem deve se vacinar contra a febre amarela

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da saúde, explica sobre o número de doses necessário, como a vacina deve ser administrada, além da recomendação para viajantes e população em áreas de risco. Nesta entrevista ao Blog da Saúde, a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, esclarece que não há mudança no esquema vacinal da febre amarela. A estratégia de duas doses, adotada no Brasil, é segura e garante proteção durante toda a vida. A população que não vive na área de recomendação ou não vai se dirigir a essas áreas não precisa buscar a vacinação neste momento.

A coordenadora explica que a vacina contra febre amarela é a medida mais importante para prevenção e controle da doença e apresenta eficácia de aproximadamente 95%, além de ser reconhecidamente eficaz e segura. Entretanto, assim como qualquer vacina ou medicamento, pode causar eventos adversos como febre, dor local, dor de cabeça, dor no corpo, entre outros. Portanto, mesmo em um momento de intensificar as ações de vigilância da febre amarela, é necessário orientar a população quanto à necessidade de se vacinar.
- Qual o esquema vacinal recomendado pelo Ministério da Saúde para a febre amarela? 
Carla Domingues: O esquema da febre amarela é de duas doses, tanto para adultos quanto para crianças. As crianças devem receber as vacinas aos nove meses e aos quatro anos de idade. Assim, a proteção está garantida para o resto da vida. Para quem não tomou as doses na infância, a orientação é de uma dose da vacina e outra de reforço, dez anos depois da primeira. As recomendações são apenas para as pessoas que vivem ou viajam para as áreas de recomendação da vacina. A população que não vive na área de recomendação ou não vai se dirigir a essas áreas não precisa buscar a vacinação neste momento.
- No momento, com os casos confirmados no estado de Minas Gerais, há mudança na indicação da vacina contra a febre amarela? 
Carla Domingues: Não há mudança no esquema de vacinação. Devem se vacinar contra a febre amarela apenas pessoas que moram nas áreas de recomendação da vacina ou que viajam para essas localidades e que estão com o esquema de vacinação incompleto, ou seja, quem não tomou as duas doses recomendadas pelo Ministério da Saúde. Para adultos que tomaram a primeira dose há menos de dez anos, também não há necessidade de adiantar a dose de reforço.
- Para quem já tomou duas doses da vacina e mora nas áreas de recomendação, uma terceira dose significa mais proteção? 
Carla Domingues: As duas doses são o suficiente para proteger durante toda a vida. Uma terceira dose não vai criar nenhuma proteção adicional. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda uma única dose para toda a vida. O Brasil, buscando uma maior segurança, adota o esquema de duas doses. Portanto, quem recebeu duas doses, na infância ou na fase adulta, já está devidamente protegido e não precisa buscar o serviço de saúde.

- E para quem perdeu o cartão de vacinação e não tem conhecimento da própria situação vacinal, qual a orientação? 

Carla Domingues: Quem perdeu o cartão de vacinação deve procurar o serviço de saúde que costuma frequentar e tentar resgatar o histórico. Caso isso não seja possível, a recomendação é iniciar o esquema normalmente. Portanto, pessoas a partir de cinco anos de idade que nunca foram vacinadas ou sem comprovante de vacinação devem receber a primeira dose da vacina e um reforço, dez anos depois. Essa recomendação é apenas para as áreas de recomendação da vacina. Vale destacar a situação de saúde deve ser informada ao profissional de saúde, para que seja possível avaliar se há contraindicação.
- Quais são as contraindicações para a vacina da febre amarela? 
Carla Domingues: A vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas. Em situações de emergência epidemiológica, vigência de surtos, epidemias ou viagem para área de risco, o médico deverá avaliar o benefício e o risco da vacinação para estes grupos, levando em conta o risco de eventos adversos. 

- Qual a orientação para turistas estrangeiros que visitam as áreas de recomendação de vacina no Brasil? 
Carla Domingues: Para turistas que forem se dirigir a uma área com recomendação de vacina - tanto estrangeiros quanto brasileiros – e que não completaram o esquema de duas doses, a recomendação é que seja vacinado pelo menos dez dias antes da viagem, que é o tempo que a vacina leva para criar anticorpos e a pessoa estar devidamente protegida. Quem tomou a primeira dose há menos de dez anos não precisa adiantar o reforço.
- No caso das crianças que vão iniciar o esquema, existe algum risco em receber a febre amarela junto com outras vacinas? 
Carla Domingues: A vacina para febre amarela não deve ser aplicada ao mesmo tempo que a vacina tríplice viral (que protege contra sarampo, rubéola e caxumba) ou tetra viral (que protege contra sarampo, rubéola, caxumba e varicela). Se a criança tiver alguma dose do Calendário Nacional de Vacinação em atraso, ela pode tomar junto com a febre amarela, com exceção da tríplice viral ou tetra viral. A criança que não recebeu a vacina para febre amarela nem a tríplice viral ou tetra viral e for atualizar a situação vacinal, a orientação é receber a dose de febre amarela e agendar a proteção com a tríplice viral ou tetra viral para 30 dias depois.

Começa o plantio de 200 mudas de árvores frutíferas no campus

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) ficou mais verde nesta terça-feira, 31, com o plantio de 50 árvores frutíferas, naturais da Mata Atlântica, no espaço atrás do estacionamento da Faculdade de Educação. A iniciativa tem por objetivo divulgar o Encontro Mineiro de Engenharia de Produção (Emepro), que, este ano, acontece de 20 a 22 de abril, e tem como tema “Economia de baixo carbono”. Até quinta-feira, dia 2, 200 mudas serão plantadas no campus.

 A programação do Emepro conta com palestras e minicursos sobre as estratégias de promoção da sustentabilidade com novas tecnologias, além da defesa da redução dos gases que contribuem para o efeito estufa, especialmente, o dióxido de carbono.

 Segundo a professora do Departamento de Engenharia de Produção e coordenadora de Sistemas de Informação do evento, Roberta Pereira Nunes, a ideia do plantio surgiu a partir do tema do encontro e as 200 árvores servirão para neutralizar todo o dióxido de carbono e os gastos de energia da realização das atividades feitas no encontro de abril.


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Mulher sofre tentativa de estupro em estacionamento da UFJF

Uma mulher de 36 anos sofreu tentativa de estupro e teve sua bolsa roubada ontem (20), no campus da UFJF. A vítima é funcionária da universidade e relatou a polícia que por volta de 8:30 da manhã andava pela via principal, quando foi agarrada por um homem sem camisa e de bermuda, que ordenou que ela fosse com ele até o estacionamento da faculdade de direito, chegando lá ele rasgou suas roupas, mas a mulher conseguiu fugir a tempo de acontecer a conjunção carnal.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Professores da UFJF e do IF Sudeste podem entrar de greve

Os Professores da Universidade Federal de Juiz de Fora e do Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais, reuniram hoje em assembleia e aprovaram indicativo de greve por tempo indeterminado a partir do dia 21. Eles se manifestam contra a aprovação PEC 55 e também contra a MP746, que propõe reformas no Ensino Médio.

Explosão de cisterna em São Mateus deixa quatro pessoas feridas

A explosão de uma cisterna, na Rua Severiano Meireles, no Bairro São Mateus feriu quatro pessoas, sendo que uma delas ficou gravemente ferida e foi encaminhado ao Hospital Monte Sinai. De acordo com informações do corpo do bombeiros, a cisterna passou por manutenção com oxido de acetileno e como havia acumulo de outros gases no reservatório ocorreu uma reação química o que ocasionou a explosão.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Índice de Infestação por Aedes aegypti em Juiz de Fora é de 1,6%

O Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) 2016, em Juiz de Fora, foi divulgado hoje (1). O índice apontado é de 1,6%, o que deixa a cidade em estado de alerta.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Liraa é considerado satisfatório quando fica abaixo de 1%, situação de alerta quando está no intervalo entre 1% e 3,9% e indica risco de surto quando é igual ou superior a 4%.

Segundo a Secretaria de Saúde, foram vistoriados mais de 5.500 imóveis. Em relação ao último LIRAa realizado no município, em outubro do ano passado, que apontou um índice de 2,5%, houve uma queda de 0,9% de infestação.

Enem é adiado para dezembro para alunos que fariam provas no ICH da UFJF

Os 243 alunos que iriam fazer o Enem no ICH da UFJF, tiveram suas provas adiadas para o dia 3 e 4 de dezembro.
Os estudantes do movimento #OcupaUFJF, estão alojados no edifício aonde aconteceriam as provas desde o dia 26 de outubro.
Os inscritos afetados pela ocupação, serão avisados pelo Inep por meio de SMS, e-mail e divulgação no site.

Ocupação no Colégio de Aplicação João XXIII é suspensa devido ao Enem

Nota à imprensa
O movimento ocupa joão, por meio de votação em assembleia, deliberou a favor da suspensão da ocupação do Colégio de Aplicação João XXIII. Durante o período de realização das provas do Enem. Essa decisão foi motivada pela concepção de que todos os estudantes tem o direito de participar no processo seletivo citado. 

A ocupação do João XIII em Juiz de Fora será suspensa durante a realização das do Enem. A decisão foi tomada em assembleia e divulgada nesta ontem (31) pelo facebook, leia na integra clicando no link https://www.facebook.com/ocupajoao/photos/a.1565245753501266.1073741828.1565176696841505/1573137996045375/?type=3&theater

Enem será adiado para mais de 191 mil alunos

O Inep informou hoje (1º) que 191.494 dos 8,7 milhões de inscritos para o Enem não poderão fazer prova no próximo fim de semana, em razão de 304 ocupações em colégios listados como locais de provas.
As provas substitutas serão realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro, segundo o Inep.
A lista com todas as escolas ocupadas está prevista para ser publicada às 18h no site do Inep.